Ver perfil

Correio Elegante - O melhor amortecedor

Assine o Correio Elegante, minha newsletter semanal. Ela chega todas as sextas-feiras na sua caixa de e-mails. Repasse aos amigos, divulgue. É grátis. Para assinar, clique aqui.
Onde moram as ideias. Algumas delas.
Onde moram as ideias. Algumas delas.
Paris era uma festa
Hemingway se remexeu na tumba.
Hemingway se remexeu na tumba.
Já leu Paris por um triz? Desfrute das aventuras de Adaô na Cidade Luz do início dos anos 90. Links para comprar: lojinha do Adão, Zarabatana Books, Itiban e Amazon.
O melhor amortecedor
No bar do albergue, os dois pedem uma cerveja. Depois do tim-tim, o jovem cartunista levanta o caneco e brinca.
— Vamos beber como se não houvesse amanhã.
O bordão, que era para ser espirituoso, cai como quentão em uma úlcera porque faz com que eles lembrem do que querem esquecer a todo custo: o casal tem data de validade e vence em poucas horas quando Begonia viajar para Barcelona.
Pelo menos há um consolo: o barman é profissional e a Guinness está no ponto, cremosa e gelada. Se a vida é uma estrada acidentada, o álcool é o melhor dos amortecedores, pensa o desenhista e dublê de filósofo.
Depois de uns goles, os dois vão jogar dardos. Begonia revela uma pontaria afinadíssima acertando várias vezes na mosca. Nosso herói brinca e diz, em português, batendo no peito, “agora acerta no meu coração”. Ela não entende e pede para ele repetir. Adaô tenta desconversar dizendo que “era só uma bobagem”, mas ela exige que ele traduza. Como um labrador, fiel e obediente, Adaô obedece e faz uma versão em espanhol da frase piegas. E traduzida fica ainda mais piegas, como se fosse um refrão cantado por Julio Iglesias. Enquanto dá risadas, ela faz mira com um dardo no peito dele, mas na hora de lançar, muda de direção e joga no alvo. Na mosca de novo, palmas para a bascatalã.
Cansado de levar uma surra no jogo, o francês de araque traz mais duas cervejas, torcendo para que o tempo pare e o maldito amanhã nunca chegue.
Em seguida eles partem para a sinuca e desta vez quem apanha é a Begonia que dá um show de tacadas no ar, raspadas de bola e um rasgão no feltro. Só faltou ela derrubar o copo na mesa.
Depois da segunda cerveja os dois já estão soltinhos. Adaô acende um cigarro, tira um livro da estante e faz pose de intelectual soltando rodelas de fumaça. O livro é O Amante de Lady Chatterley, de D.H. Lawrence. Logo após sentar na poltrona, abre uma página aleatoriamente e começa a recitar.
Begonia senta no seu colo e lê o parágrafo seguinte. Os pombinhos ficam ainda mais excitados quando chegam na parte onde o serviçal passa a pistola na lady dondoca. Begonia rebola no colo do nosso herói feito um atum treinando a dança do ventre. O clima esquenta e o amasso se intensifica.
Begonia enfia a mão dentro da calça do brazuca alegre e, com a habilidade de uma bióloga do Butantã, pega a cascavel pela cabeça e faz movimentos para extrair o veneno de sua presa.
Continua.
Keith Pop
Novidade na loja. Prints da imagem em diversos tamanhos e tipos de papel. Clique aqui para ver.
Pinturas originais
Novas pinturas disponíveis na lojinha. Clique aqui para ver.
Aline Completinha
Graças à uma nova gráfica on demand no Brasil, com preços bem mais em conta, você vai finalmente poder completar sua coleção da personagem mais tarada dos quadrinhos. Na Um Livro, na Submarino e na Amazon.
Strip Me + Adão.
Essa parceria já rendeu mais de 70 estampas para camisetas. Para ver a coleção, clique aqui.
Tudo volta na vida. Menos bumerangue com defeito.
Curtiu essa edição? Sim Não
Adão Iturrusgarai

Correio Elegante

Para cancelar sua inscrição, clique aqui.
Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui.
Created with Revue by Twitter.